Raças

Conheça o Shiba Inu: comportamento, cuidados e preço

Shiba Inu

O pequeno Shiba Inu foi ocasionalmente usado, há anos, para caçar javalis. Originário do Japão, este cãozinho é reconhecido por sua personalidade espirituosa.

Ele tem as orelhas pequenas e eretas, bem como sua agilidade é semelhante a de um gato. Hoje, essencialmente, o Shiba serve como cão de companhia, sendo uma escolha ainda não popular.

Caso esteja curioso para conhecer mais da raça, basta ler o artigo com as principais informações à respeito. Confira tudo em detalhes.

Um pouco sobre o Shiba Inu

Com suas orelhinhas pontudas, olhos esbugalhados e a cauda encaracolada, a raça vinda da Terrinha do Sol Nascente tem a aparência de uma raposa. Algumas pessoas acham que o animal se parece mais com um bichinho de pelúcia. Entretanto, não é nem nada disso. Este pequeno cãozinho é apenas o menor, possivelmente sendo também mais antigo, dos 6 cães spitz originários do Japão.

Um Shiba Inu tem a personalidade agitada e ousada. Os japoneses possuem três expressões para descrever traços mentais encontrados na raça:

  • Ousadia espirituosa;
  • Boa natureza;
  • Atenção.

Combinadas, essas características compõem o temperamento inteligente, interessante e de força de vontade do cachorro.

O Shiba é atlético e age como um guerreiro ninja: se movendo rapidamente, com agilidade e sem esforço. Ele é perspicaz e alerta, se mostrando um ótimo cão para fazer companhia para a família toda. Uma vez que é leal e dedicado, se dá muito bem com crianças, desde que ele seja adequadamente socializado e treinado.

História do Shiba Inu

Sua origem remete ao Japão juntamente com a raça Akita e mais quatro outras. Mas todos os seus conterrâneos são um pouco maiores do que ele. Usado especialmente como cão para caça, ajudava a eliminar pequenos animais e pássaros.

Existem diversas teorias a respeito de como os Shibas receberam esse nome. Uma das explicações é que o termo “Shiba” quer dizer “matagal”. Os cachorros foram nomeados assim por causa dos arbustos onde “trabalhavam”.

Outra das teorias diz respeito sobre a tonalidade vermelha do animal. Essa era a mesma cor das folhas no outono. Uma terceira hipótese é que o significado mais arcaico do termo faz alusão ao seu tamanho reduzido.

A Segunda Guerra Mundial praticamente significou um desastre para o querido Shiba Inu. A maior parte dos cães que não sucumbiram aos ataques das bombas, pereceu de medo no pós-guerra.

Uma família americana acabou importando o primeiro animal em 1954, mas ele só foi documentado em 1970. As primeiras ninhadas nasceram em 1979.

Por que ter um cachorro da raça

  • É inteligente;
  • É alerta;
  • Ótimo cão de companhia.

Por que não ter um cachorro da raça

  • É teimoso;
  • Se mostra difícil de treinar;
  • É possessivo com tudo;
  • Pode se mostrar agressivo com os outros animais.

Shiba Inu

Mais características sobre o Shiba Inu

Atividade física

A maior parte dos Shibas é bastante enérgica e gosta de passear. Se não fizerem exercícios diários, pode ser que comecem a apresentar sintomas de estresse.

O tutor do Shiba Inu deve se dedicar a exercitar e dar atenção ao cão, especialmente se não houver um quintal de tamanho adequado. Em geral, esses animais não são massivamente destrutivos se deixados sozinhos quando adultos. Entretanto, alguns podem sofrer de ansiedade de separação.

Filhotes

Caso você tenha 100% de certeza de que um Shiba Inu é o tipo certo de cão para você e sua família, sua melhor opção é encontrar um filhote vindo de criadores credenciados.

Ao contrário de indivíduos que fazem criações em quintais, os credenciados reproduzem animais com qualidade. Eles representam e promovem a raça da melhor maneira possível. Além disso, considere entrar em contato centros de resgate perto de sua localidade.

Um bom filhotinho deve ter raça pura. Sem contar que alguns requisitos devem ser verificados, como:

  • A quantidade de ninhadas por ano deve ser baixa;
  • Os filhotes devem ser socializados com demais cães e também pessoas desde cedo;
  • O canil deve ser especializado na raça;
  • Os pequenos Shibas Inus devem ser vacinados nas datas certas desde nascidos.

Dificuldades de treinamento

O Shiba Inu pode se mostrar mais adequado e com melhor capacidade de adaptação em casas com quintais cercados. Ele é pertencente a uma raça bem ativa que adora brincar, correr ou passear junto ao seu tutor. Dar-lhe espaço suficiente para atividades o ajudará a tirar o estresse.

Uma peculiaridade da personalidade do animal é sua aversão a ser contido, mesmo que seja preciso para a sua segurança. Ele implica quando tem que usar uma coleira ou ficar amarrado. Assim, paciência com o adestramento não é só um simples detalhe, mas sim uma obrigação.

Os treinamentos de obediência são recomendados para os Shibas, não somente por conta das lições que aprendem, mas também por conta dos estímulos e socializações proporcionadas aos cães.

Trabalhe junto com um adestrador que conhece esta raça. Contudo, se desaponte caso o animal seja teimoso: essa é a natureza dele. Pense nisso como um desafio.

Seu porte físico

Os machos medem de 37 cm até 42 cm de altura, pesando cerca de 11 kg. Já as fêmeas alcançam 34 a 40 cm de altura, pesando mais ou menos 8 kg. Isso lhes confere um porte físico pequeno e fofo.

Personalidade

O Shiba é bem-humorado, ousado e alerta. Ele é decidido e confiante, e muitas vezes tem suas próprias ideias sobre as coisas. É um cachorro leal e carinhoso com a família, embora tenda a suspeitar de estranhos.

O Shiba Inu não compartilha bem nada que julga ser seu. Ele tende a guardar de forma agressiva a sua comida, brinquedos ou território. Preste atenção, pois este cão não hesita em perseguir animais pequenos que considera presas.

Muitas pessoas comparam essa raça com o Golden Retriever para provar como são opostos. Enquanto o Golden adora ser solicitado, o Shiba nem sempre é assim. Mas isso é algo que pode ser moldado, como dito acima, com os treinamentos com um adestrador experiente, de preferência com a raça.

Além disso, convidar as visitas constantemente para que elas interajam com o animal é de grande ajuda. Levá-lo a parques movimentados, lojas que permitem que cães e em passeios de lazer, certamente também aprimorará suas habilidades sociais.

Leu o suficiente para conhecer o que precisava do Shiba Inu? Se não, que tal visitar um canil específico da raça para ver um cãozinho de perto?

Deixe seu Comentário