Raças

Tudo sobre Pastor Maremano

Maremano

Provavelmente o nome pastor maremano não te é comum, mas tenho certeza que você já viu esse cão em algum lugar. Um dos motivos de eu afirmar isso é simplesmente porque a raça aparece em diversos filmes. Só não pode confundir com um labrador, porque são relativamente parecidas.

Será que esse belíssimo cão é para você? Confira abaixo e descubra se ele se encaixa no que você está procurando. Tenho certeza que irá se apaixonar mesmo que decida que não é a melhor escolha adotar um agora.

A história do pastor maremano

Sempre que o nome pastor vai no nome de algum cachorro tenha em mente que indica o fato de ele ser um auxiliar de pastoreio. No caso do maremano, especialista em gado, seja bovino ou ovino. Nosso cãozinho aqui é mais centrado no auxílio de ovelhas.

São nativos da Itália, mais especificamente da região de Alpes. As funções do cachorro iam desde guiar, até encontrar, mas também proteger contra ataques de lobos, raposas e outros animais, além de ladrões. Executavam muito bem a função, tanto é que até hoje existem aqueles que ainda os adotam com esse propósito.

Uma característica interessante dessa raça é que eles são praticamente irmãos de uma raça chamada pastor abruzês. Acontece que o pastor maremano de abruzês (o cachorro do qual estamos falando) começou a se cruzar com outras espécies e daí surgiu o pastor de abruzês. Hoje em dia a ciência os consideram a mesma raça.Também existe a teoria de que esses cachorros tenham parentesco com o mastiff.

Ambos são bons pastores e cachorros bem bonitos, mas o maremano é especializado no pastoreio de ovinos, como carneiros e ovelhas.

Outro fator interessante é que esses cachorros estão presentes na história de Roma e de muitas outras culturas, mas só houve um registro e reconhecimento oficial após 1898, quando ele começou a se popularizar principalmente na Inglaterra. A partir daí foi bem fácil levá-lo aos EUA e em toda a América.

Quais são características do maremano?

São cachorros extremamente inteligentes, por servirem do manuseio de gados isso fica bastante evidente, mas ele também é ótimo em diversas outras características. Para começar, é um excelente caçador, rastreador e protetor. Por conta de seu porte e força é um cão de guarda acima da média.

Apesar de conseguir exercer a função como defensor, geralmente é utilizado como um cachorro doméstico ou como pastor, mesmo.

Não se engane achando que todo esse potencial que permite até mesmo que brigue com lobos o torne um cão violento, pois ele é muito dócil e amável. Apesar de não ser tão brincalhão assim, seu ponto forte fica na lealdade para com seu dono.

Mesmo animais maiores não são o suficiente para assustar o maremano. Ele segue corajoso na defesa defendendo a sua família e até mesmo outros animais. Se você tiver outros cachorros na família, saiba que ele vai tomar conta e protegê-lo.

Ele é muito ligado aos seus, protegendo, cuidando e sempre vigiando, até mesmo em ambientes mais urbanos, mas se for maltratado pode se tornar bem agressivo. Por ser um cão de porte grande é recomendado que todos os cuidados sejam tomados.

Podem não ser tão obedientes, pois costumam ser bem independentes, o que não significa, de maneira alguma, que não sejam leais. Acontece que o dono precisa mostrar logo cedo que está no comando, ou o cachorro vai se sentir o líder. Se fizer isso de maneira muito branda, o cão fica bem folgado, mas se fizer isso de maneira muito agressiva, o cão acaba desenvolvendo essa agressividade e pode não ser tão afetuoso e leal.

Cuidados com a raça

Seu pelo precisa ser higienizado constantemente, pois não é tão curto. Você não terá muitos problemas, mas por ser geralmente claro, precisa garantir que não esteja sempre sujo.

O cão é bastante enérgico e precisa de espaço, então nada de ambientes pequenos e apertados. Caminhadas regulares são necessárias e não deixa objetos importantes ao alcance, porque eles podem acabar destruindo.

Possui um temperamento bem tranquilo, mas cedo ou tarde vai impor dominância (como muitas outras raças). Cabe ao dono mostrar que está no domínio e que ele é o líder. Você não vai querer um cachorro grande achando que manda em você, não é?

A alimentação precisa ser bem saudável e adequada para manter a pelagem bonita. Por ser de grande porte come bastante e bebe bastante água, além de gastar muita energia. Tenha um ambiente adequado para a sujeira do cachorro. Seu tamanho varia entre 60 e 75 centímetros, sendo que os machos são bem maiores (cerca de 5 cm, se comparados às fêmeas). Pesam entre 30 e 45 quilos, mas os machos são mais pesados.

Quanto gastarei para ter um?

O preço médio dos maremanos é um pouco maior do que a média de cachorros de raça, mas nada fora do normal. Os adultos custam cerca de R$2.500,00 e os filhotes cerca de R$3.500,00, podendo chegar em até R$4.000,00. As fêmeas são mais caras.

Isso varia conforme a região e época, mas o valor não costuma ser muito mais baixo ou mais alto do que isso. Você pode conseguir um desconto se adquirir um casal. Sabia que eles podem pastorear e defender juntos? Costumam se dar super bem e agirem até melhor.

Se não quiser uma ninhada de filhotes pode adquirir 2 machos ou 2 fêmeas, ou até mesmo castrar, mas saiba que pode haver uma disputa por dominância e que não se deem tão bem. Mas, de maneira geral, costumam ser bem amistosos e trabalhar bem em equipe, após o líder ter sido estabelecido.

O maremano é a escolha ideal?

Se você não é uma pessoa que tem esse tato para lidar com cachorros, principalmente de grande porte, no que diz respeito a saber impor a dominância e tratá-lo com equilíbrio sendo amoroso, carinhoso, mas deixando claro que é o dono, talvez o maremano seja complicado. É um cão que exige muitos cuidados, atenção, manutenção e precisa se movimentar. Apesar de ficar bem em um ambiente familiar, se você não tiver uma função como defensor para ele, no lar, procure algum cão mais dócil e menos enérgico.

Deixe seu Comentário