Raças

Labrador: tudo o que você precisa saber sobre a raça

Labrador

Os cães da raça Labrador encantam diversas gerações, pois são muito fofos e extremamente cativantes desde que são filhotes. Ao contrário de muitas raças, a sua graciosidade permanece na vida adulta, parecendo literalmente um filhote grande. Não é à toa que é uma das raças mais procuradas nos Pet Shops e lojas especializadas na venda de filhotes.

Ao contrário do que se pensa, não é só no Brasil que existe esse tipo de raça. É possível encontrar labradores em diversos países ao redor do mundo.

Simpáticos e brincalhões fazem a festa em um ambiente onde existam crianças. Recentemente algumas vivências foram feitas por especialistas que levaram cachorros dessa raça em um asilo. O resultado foi bem satisfatório, diminuindo consideravelmente o índice de depressões e tristezas entre os participantes.

Quem ama cachorros vai se surpreender com o jeito irresistível do Labrador. Essa raça simpática ama agradar o seu dono ou tutor. Ele é sim a alegria da casa, além de ser extremamente fiel, inteligente e brincalhão.

Quando treinado adequadamente, consegue auxiliar as pessoas com algum tipo de deficiência ou necessidade especial, dando todo o suporte de que necessitam.

São mais comuns na cor bege, mas os da cor chocolate e preto são muito charmosos. Possuem um olhar muito atento a qualquer movimentação.

É um cachorro grande, pesado que ama água, portanto se tiver um quintal espaçoso é o prato cheio para a diversão deles, para poder se molhar na mangueira, pular, correr, brincar, etc.

Origem e história dessa raça encantadora

Os pescadores de bacalhau da época contavam com a ajuda massiva dos cachorros da raça Labrador Retrivier que conseguiam recuperar os peixes que escapavam da rede de pesca.

Historiadores afirmam que esse nome inclusive surgiu das tarefas que ele tinha junto aos pescadores. Inclusive a tradução de Labrador é trabalhador.

A migração da raça aconteceu no ano de 1820, graças ao encantamento que os ingleses tiveram, levando-o inclusive para a Inglaterra. No ano de 1880 a raça foi extinta por conta dos impostos cobrados pelo governo.

Graças as suas habilidades aguçadas como a velocidade e o olfato apurado, ele foi usado também para a caça em pântanos.

Hoje é muito comum ver cachorros dessa raça em operações policiais no mundo todo. Além de guias para pessoas com deficiência.

Sua oficialização aconteceu em 1903 pelo clube inglês chamado Kennel Club Inglês, em seguida cerca de 14 anos depois foi a vez do registro oficial do American Kennel Club. Isso fez com que o Labrador se tornasse o cão mais popular depois da Segunda Guerra Mundial.

Labrador

Quais são as condições físicas do Labrador?

O nado do Labrador sem dúvidas é o mais rápido entre todas as raças. Por conter uma membrana digital diferenciada nas suas patas, se torna o melhor nadador entre os cachorros.

Além disso, a sua pelagem por ser oleosa o torna seco, isso facilita a sua flutuação.

Seu focinho é bem desenvolvido, isso faz com que o seu olfato tenha um alcance excelente.

Conheça mais algumas características desse cachorro lindo:

  • Expectativa de vida: 13 anos;
  • Altura média: 57 centímetros;
  • Peso médio: 30 quilos.

Características emocionais

  • É totalmente adaptável;
  • Requer muita atenção;
  • Ótimo para apartamentos;
  • Gosta de gatos;
  • Gosta de crianças;
  • Gosta de outros cães;
  • Por ter um peso acima do ideal é necessário que se exercite;
  • Muito espaçoso, toma conta da casa se deixar;
  • Os problemas de saúde que surgem geralmente estão relacionados com o sobrepeso ou então nos pelos;
  • É muito inteligente;
  • Gosta muito de brincar;
  • Tem muita queda de pelo;
  • É altamente sociável;
  • É muito amigável;
  • Por ser inteligente consegue ser facilmente treinado;
  • No inverno é muito friorento e no calor muito calorento.

Dicas sobre a saúde e o bem-estar animal

1 – Escovação dos pelos

Os pelos dos labradores são trocados muitas vezes ao ano, portanto a escovação acaba se fazendo muito necessária. Existem escovas e rasqueadeiras próprias para esse tipo de pelo. O ideal é pentear o seu PET todos os dias. Pois, ela ajuda muito na remoção dos pelos mortos e que estão soltos.

Procure fazer esse processo desde filhote, assim ele acostuma e fica totalmente aliviado com isso.

2 – Cuidados gerais com a higiene

Os labradores amam água, mas podem ficar úmidos e com isso deixar alguns pequenos resíduos na pele e isso causar infecções e problemas na pele e no pelo.

Tirando as situações em que o seu cachorro brinque em locais muito sujos, o banho pode ser dado a cada dois meses. Isso permitirá que o pelo fique bem cheiroso e com uma aparência ótima.

Cuidados com os ouvidos

Os labradores costumam ter muitas infecções nos ouvidos, é muito importante uma correta limpeza na região depois dos mergulhos e banhos. Procure verificar as orelhinhas do seu cachorro limpando-as com produtos próprios, assim o canal auditivo permanece limpo. Se por acaso, você sentir algum cheiro ruim ou a região com a cor vermelha, procure um Médico Veterinário.

Cuidados com os dentes

Os dentes podem esconder muitas bactérias com a formação de tártaros que são muito prejudiciais para a saúde dos labradores.

Escove os dentinhos do seu cachorro pelo menos de duas a três vezes por semana. A gengiva pode ser escovada diariamente. Fazendo essa higiene o mau hálito é evitado.

Cuidado com a alimentação

A alimentação do Labrador precisa receber uma atenção especial, pois eles são muito ativos, então uma rica em vitaminas e nutrientes é a mais adequada. Uma alimentação equilibrada e balanceada, mantém o cachorro disposto e cheio de energia.

Escolha uma ração especial com base em seu porte, condição física, idade e hábitos. Os nutrientes precisam suprir todas as carências do seu cãozinho.

Leve periodicamente ao Veterinário

Consulte um Veterinário para que ele te oriente sobre a alimentação do seu cachorro, quantidade de ração, tipo, etc.

Além de comer a ração tradicional, o Médico Veterinário poderá liberar para o seu Labrador alguns petiscos e snacks. Essa situação inclusive é vista como um momento de carinho e afeto, além de ajudar muito nas aulas de adestramento.

Deixe seu Comentário