Raças

Tudo sobre Husky Siberiano

Husky Siberiano

O Husky Siberiano é uma cão de trabalho de tamanho médio, famoso por suas façanhas de puxar trenós no Alasca e em outras partes do mundo. Em suma, eles são uma raça amigável e leal que se integra facilmente a uma família humana amorosa. Além disso, eles geralmente são animais saudáveis e fortes, apesar de haver alguma incidência de doença genética.

De fato, o Husky Siberiano têm energia quase ilimitada. Assim sendo, os possíveis proprietários devem estar dispostos a se comprometer com uma rotina vigorosa de exercícios. Além disso, é importante lembrar que, apesar de existirem Husky Siberianos no Brasil, o clima do país não é apropriado para a raça. Mais famosos por puxar trenós no hemisfério norte, esses cães são feitos para o frio e prosperam na neve.

Aparência geral

Em suma, são reconhecidas cinco cores de pelagem em cães dessa raça. Ou seja, branco, ruivo e branco, preto e branco, cinza e branco e castanho e branco. A pelagem desse cão da Sibéria é plana e lisa ao longo de todo o corpo. Em geral, a aparência do Husky Siberiano é de um cão de porte médio e peludo, com olhos expressivos e de cores chamativas. Além disso, possuem uma feição alerta e curiosa, com orelhas sempre altas.

Como é a personalidade dos Huskies Siberianos?

Esses cães são notoriamente brincalhões e podem ser um pouco travessos, pois são animais de estimação muito inteligentes. Além disso, eles adoram dar uma “escapadinha”, sendo conhecidos por serem fujões. Curiosamente, a palavra “Husky” é na verdade uma contração de “huskimos”, que evoluiu para a palavra “esquimó” em português.

Huskies siberianos são, de fato, ótimos cão de família quando recebem o treinamento adequado. Afinal de contas, eles são leais, alertas e divertidos. Alguns donos de Huskies os consideram uma raça travessa, uma vez que eles são ótimos em escapar e aprontar confusão quando deixados sozinhos.

Além disso, a maioria dos cães pertencentes a essa raça siberiana mantém sua mentalidade de animal de carga herdada de seus ancestrais. Por isso, é necessário que os donos sejam assertivos e confiantes ao falar com esta raça. Pois, sem uma voz de comando, você pode ter dificuldade em treinar seu Husky Siberiano.

O Husky é um bom cão para cuidar da casa?

Huskies siberianos são muito protetores com seus donos, sem dúvidas. Para se ter uma ideia, na época dos passeios de trenó e invernos rigorosos, os primeiros colonos do Alasca adoravam essa raça não apenas pelo transporte, mas também pela proteção. De fato, eles podem ser excessivamente protetores com sua família, mas também servem como um ótimo sistema de alarme natural para sua casa.

A raça se dá bem com crianças?

Os primeiros ancestrais do Husky Siberiano estavam totalmente integrados à vida aborígine em climas frios. Assim, eles podem ser um pouco barulhentos e empolgados às vezes, por isso não deixe de supervisionar as crianças pequenas por perto. Apesar disso, as crianças costumam adoram esses cães siberianos e se apegarem à raça! Além disso, esses lindos cães tem o prazer de fazer amizades rapidamente com todos que encontram!

Os huskies precisam de muito exercício?

De fato, os huskies siberianos precisam de muito exercício para se manterem saudáveis, felizes e entretidos. Muitos donos da raça Husky Siberiano descobrem isso da maneira mais difícil quando chegam em casa e encontram o lugar de cabeça para baixo, pois deixaram seu cão ansioso e entediado.

Por esse motivo, certifique-se de ter um plano de exercícios consistente e generoso para o seu cão, se você optar por adotar ou comprar um Husky Siberiano para ser o animal de estimação da sua família.

O Husky Siberiano precisa de muito espaço?

Assim como exercícios, os huskies siberianos precisam de muito espaço para se manterem saudáveis e felizes. Afinal, esses cães de trabalho estão acostumados a puxar trenós em alta velocidade, tendo uma carga energética praticamente ilimitada. Por isso, eles não são bons animais de estimação para pessoas sedentárias ou que vivam em espaços pequenos, apartamentos e condomínios.

O Husky pode ser treinado?

Huskies siberianos são difíceis de treinar se o dono não tem muito tempo e paciência. Afinal, como um cão de carga com um forte senso de “hierarquia”, essa raça costuma testar seus treinadores e seus limites. Eles respondem ao “alfa” em suas vidas, portanto, certifique-se de que o alfa é você. Para isso, você precisa ser confiante e assertivo ao treinar seu Husky Siberiano.

Qual o clima adequado para criar a raça?

Como o nome indica, essa raça siberiana vem de um clima muito frio. Com uma pelagem espessa e um corpo que evoluiu para prosperar em temperaturas baixas, esses cães da Sibéria são apropriados para os climas frios. Em suma, eles podem ser felizes em temperaturas mais quentes, mas não é indicado que sejam criados em lugares em que o verão é opressivo. Por isso, antes de comprar ou adotar um Husky, leve em consideração o local do Brasil onde você vive e as condições climáticas.

Quais as doenças mais comuns em Huskies Siberianos?

Em suma, as possíveis doenças hereditárias para os Huskies Siberianos incluem displasia da anca, uma condição ortopédica na qual o osso da coxa não se encaixa adequadamente na cavidade da anca. Casos leves de displasia da anca resultam em artrite, que, por sua vez, pode ser administrada com medicamentos e outras terapias. Casos mais graves, por outro lado, requerem cirurgia. A displasia da anca é uma situação terrível para um cão que adora correr e se exercitar, por isso deve ser tratada adequadamente quando os sintomas aparecem.

Além disso, o Husky Siberiano também pode ter problemas oculares, incluindo catarata, distrofia da córnea e atrofia progressiva da retina. Assim sendo, este cão de alta energia tem problemas de saúde que você deve levar em consideração antes e depois de comprar ou adotar. Antes de levar esse animal para casa, procure conversar com outros donos de Huskies no Brasil e descobrir mais sobre sua experiência com a raça. No mais, esses cães belíssimos são excelentes companheiros, por isso não deixe que esses problemas de saúde o façam desistir de tê-los como amigo de estimação!

Deixe seu Comentário