Raças

Tudo sobre Fox Paulistinha

Fox Paulistinha

Embora o nome popular dessa raça seja Fox Paulistinha, oficialmente esses animais são chamados de Terrier Brasileiro. Aliás, apesar de ter origens em Terras Canarinhas, seus antepassados têm procedência europeia.

De qualquer forma, por aqui foi a mistura de cadelas com o Terrier Europeu que criou a raça do nosso Terrier Brasileiro: o Fox Paulistinha. Talvez seja por isso que ele costuma apresentar características únicas em relação a temperamento e personalidade.

Como resultado, a raça acabou ficando muito popular no Brasil, sobretudo em grandes centros como Porto Alegre, São Paulo e Curitiba. Sendo assim, para você obter mais informações sobre o Fox Paulistinha, temos mais um artigo interessante abordando diversos aspectos. Tudo para você analisar seus pontos fortes e definir se a escolha será acertada para você.

História e origem da raça Fox Paulistinha

Uma primeira hipótese da origem do Fox Paulistinha remete ao século XIX, época em filhos de famílias nobres costumavam viajar para estudar na Europa. Como resultado, eles acabavam trazendo cães de raças como o Bulldog, Beagle e Fox Terrier.

Com sua adaptação ao clima e cruzamento com cães nativos, surgiu o nosso Fox Paulistinha. Por outro lado, ainda existe uma versão que diz outra história sobre a chegada da raça ao Brasil. Assim que holandeses e portugueses chegaram no Brasil, por volta do início século XVI, seus navios tinham muitos ratos.

A fim de combater a praga, eram trazidos animais de pequeno porte como caçadores natos. Para esse serviço, uma raça muito empregada foram os terriers. Com o passar dos anos, eles acabaram sendo cruzados com demais raças locais, como o do Chihuahua e até do Pinscher. Afinal, esses cães já existiam por aqui e foram a base da criação do nosso Terrier Brasileiro: o Fox Paulistinha.

Características do Fox Paulistinha

Esta é outra raça que adora brincar, sendo bem ativa ao lado de seu dono. Aliás, por ser quase que uma raça incansável, o Fox Paulistinha adora corridas e passeios diários, mesmo que a brincadeira seja em pequenos quintais e parques.

Além do mais, o nosso Terrier Brasileiro costuma ter atitudes inusitadas, ainda mais se receber toda a sua atenção. Vale lembrar que seu espírito agitado pode estar ligado à sua origem nas fazendas. Por isso que nossa dica é, se for sair para locais muito amplos, aposte sempre numa coleira para que o passeio seja controlado.

A condição física do Fox Paulistinha

Sim, a raça pode ser de porte pequeno ou médio, mas é difícil de imaginar de onde sai tanta energia. Ou seja, você pode acabar cansando bem antes dele. Para evitar isso, procure manter uma rotina diária de atividades para controlar essa ferinha e deixar você também na linha.

Além do mais, apesar do fôlego natural, procure não exagerar nos esportes sem antes cuidar da saúde física do seu Fox Paulistinha. Em outras palavras, cada atividade precisa seguir a orientação de médicos e veterinários para que a rotina seja saudável e segura para vocês dois.

Fox Paulistinha

Personalidade e temperamento da raça Fox Paulistinha

Em relação a seu temperamento, o Fox Paulistinha é mais que um caçador ágil e resistente, pois ele nasceu para farejar pragas. Sem contar que, para isso, ele apresenta fácil adestramento e muita inteligência, embora você precise ter paciência e firmeza para adestrá-lo.

Já em relação à sua personalidade, esta raça costuma apresentar um senso de independência e esperteza acimam do comum. Prova disso é seu amor por liberdade e uma presença sempre muito amigável e carinhosa. Por outro lado, embora seja ligado à família costuma ser desconfiado de qualquer outra pessoa.

Cuidados sobre a raça

Se você anda pensando em investir num Fox Paulistinha, primeiro fique atento a alguns cuidados que essa e   toda outra raça requerem em relação à saúde. Isso significa que quanto mais qualidade de vida você proporcionar maior a expectativa de vida.

Aliás, nosso Terrier Brasileiro pode apresentar e desenvolver certas doenças específicas e até comuns. Contudo, fique tranquilo pois algumas patologias são inerentes a animais de raças que tendem a ser ativos e gastar muita energia. Caso queira evitar possíveis problemas de saúde, diminua o ritmo das atividades.

Além do mais, consulte regularmente um veterinário e invista em exames periódicos. Com isso é provável o diagnóstico antecipado de doenças e melhora as chances de recuperação e cura. Enfim, na sua casa você pode dar boa alimentação, água e carinho à vontade.

Cuidando de um filhote de Fox Paulistinha

Em linhas gerais, o filhote de um Fox Paulistinha vai precisar ainda mais de cuidados. Como exemplo, assim que são separados das fêmeas, ele precisa enfrentar uma série de exames para analisar suas condições.

A partir de então, exames e análises podem indicar o que veterinários precisam fazer para manter a saúde do animal em dia. Entretanto, se estiver tudo em ótimas condições, o filhote deverá receber as vacinas predeterminadas.

Aliás, isso ajuda a fortalecer todo o sistema imunológico do Fox Paulistinha e evitar possíveis doenças por micro-organismos, como hepatite e cinomose. Ainda assim, seu pet também vai precisar de proteção medicinal contra parasitas como pulgas, carrapatos e vermes.

Enfim, um filhote do nosso Terrier Brasileiro pode demandar sessões de socialização e adestramento. Afinal, nessa fase da vida ele costuma ter mais facilidade de aprendizagem.

Considerações finais

Primeiro que, se você procura por um pet tranquilo e sossegado, a raça Fox Paulistinha deixa a desejar por ser muito ativa e agitada. Até porque você vai precisar estar em boa forma para acompanhar seu pique.

Por outro lado, pelo senso sempre alerta ele pode ser um ótimo cão de guarda. Ou seja, ele não gosta muito de estranhos e ainda pode ser incansável mesmo durante a noite. Seja como for, em relação à família e amigos, o Fox Paulistinha é dócil, gentil e tem uma inteligência que responde bem a qualquer comando.

Prova disso é que a raça também costuma ser utilizada em comerciais, shows e espetáculos circenses. Enfim, um pet da raça Fox Paulistinha costuma ser muito apegado ao dono e adora a companhia dos mais queridos.

Deixe seu Comentário