Raças

Tudo sobre Dachshund

Dachshund

O Dachshund é um cão Alemão desenvolvido entre os séculos XVIII e XIX, época em que os alemães procuravam por raças que tivessem aptidão o suficiente para cavar buracos na terra de forma rápida. Porém, desde o século XVI é que existem evidências da existência dessa raça. Essas evidências ficaram muito fortes quando desenhos de um cão baixo, comprido e com pernas tortas foram encontrados.

Dachshund e a sua história

A raça foi levada para os Estados Unidos em aproximadamente 1887, quando começou a ficar extremamente popular. Pouco tempo depois, esse cão já estava na lista das 10 raças mais procuradas e populares. Porém, na Primeira Guerra Mundial, esse cão sofreu imensa perseguição somente por ser de origem Alemã. Infelizmente, por conta da ignorância humana, os cães eram apedrejados junto com seus donos.

Felizmente, com o final da guerra, a criação da raça continuou e quando chegou a época da Segunda Guerra Mundial, o Dachshund era mais popular e querido, ficando ileso de sofrer algum abuso simplesmente por conta de sua origem. Hoje em dia, é conhecido como “cão salsicha” por conta de seu comprimento.

Além disso, é um ótimo cão para fazer companhia às pessoas, já que se adapta muito facilmente em locais pequenos, como os apartamentos. Um dos poucos defeitos dessa raça, são os seus latidos fortes. Isso ocorre pois são extremamente alegres e bagunceiros e, dessa forma, expressão a sua felicidade através dos latidos.

No Brasil é uma raça extremamente popular por conta dos comerciais passados na TV entre os anos de 1989 e 1993, comerciais estes que usavam muito do apelo emocional.

Comportamento

Muito ciumento e brincalhão, esse cãozinho é extremamente valente e pode ser considerado muito curioso com tudo o que o cerca. Outra característica muito marcante é a sua independência, mesmo que muito leal ao dono, é difícil vê-lo seguindo sua família pela casa ou grudado neles o tempo todo.

Muito teimoso, tem uma grande dificuldade em aprender comandos e, se aprende, tem dificuldade em obedecer. Uma das maiores “brigas” é sobre o local onde fazer suas necessidades. Quando se acostumam com um local, dificilmente o trocarão por outro. Logo, é preciso muita paciência, amor e insistência por parte dos donos, para que assim, ele aprenda os comandos de forma correta.

Essa raça costuma, não raramente, apresentar alterações de humor. Nada grave, por sinal. Inclusive, se adapta super bem nos ambientes com muitas pessoas, inclusive faz amizade facilmente com adultos e crianças. Porém, é um cão extremamente ciumento, mas somente demonstra essa característica de forma acentuada quando sente o risco de ser “trocado” pelo seu humano favorito.

Nesses momentos de ciúme, pode latir em excesso para impedir que outras pessoas se aproximem de seus donos. Caso a personalidade do cão em questão seja um pouco mais forte que o normal, pode tentar até mesmo agredir com mordidas a pessoa que está tentando tirar o seu dono.

Características físicas do Dachshund

Algumas das características que mais chamam a atenção nesse pequeno cãozinho, são;

  • Corpo musculoso, longo e compacto;
  • Patas curtas;
  • Tamanhos diferentes entre si;
  • Olhar curioso e alerta.

Além disso, a sua expectativa de vida é consideravelmente longa, quando comparada com outras raças. O Dachshund pode viver até 16 anos ou mais, dependendo da saúde do mesmo. As cores mais normalmente vistas nesse cão é o avermelhado, amarelo e bicolor.

Cuidados para melhor convívio

Mesmo que seja um cãozinho agitado e muito brincalhão, o Dachshund não precisa de um espaço muito grande, afinal, é um cão de porte razoavelmente pequeno e não precisa de longos momentos de exercício físico intenso. Passeios na rua ou no parque, jardins, corridas, brincadeiras em geral, já são ótimas formas de treinar o seu físico e fazer com que ele gaste energia da forma que achar melhor.

De qualquer forma, para a alegria de muitos, o Dachshund é um cão que se adapta super bem em apartamentos e casas com pouco espaço. Porém, deve tomar cuidado com a quantidade de atenção que será depositada nesse cão. Afinal, é extremamente amoroso e não aceita menos do que muito amor em troca de todo o afeto que oferece.

Essa raça simplesmente detesta ficar longos períodos de tempo sozinhos, isso faz com que fiquem extremamente estressados, tristes e solitários. Por isso, para se “vingar” ou chamar os seus donos, pode começar a latir de forma exacerbada, tendo grandes chances de incomodar toda uma vizinha por conta da força do seu latido. A bagunça que deixará na casa também é um indício de que não está recebendo atenção suficiente.

Como cuidar da saúde do Dachshund

Por incrível que pareça, esse cão não tem grandes problemas de saúde e podem ter uma vida longa e feliz, sem grandes preocupações com veterinários. É extremamente forte e ativo, mas o que pode atrapalhar é a facilidade que tem em engordar. Além disso, alguns problemas na sua coluna podem aparecer com o tempo. Essas doenças na coluna são muito comuns em cães que sobem e descem escadas com frequência.

Exercícios diários como caminhadas tranquilas podem diminuir o problema da obesidade e da coluna. Mesmo que tenha uma saúde considerada forte, é importante que visitas ao veterinário sejam feitas de formas regulares e o mesmo vale para exames de saúde.

É sempre importante manter as vacinas em dia, bem como os vermífugos. Dessa forma, é possível prever o possível aparecimento de doenças e conseguir resolver tudo com antecedência, aumentando consideravelmente as chances de cura.

Como alimentar da forma correta

Para alimentar um Dachshund, é extremamente importante ter em mente o seu desenvolvimento. Isso ocorre pois a sua dieta deve ser elaborada com a intenção de conseguir suprir todas as suas necessidades, sem precisar comer de forma exagerada e ao mesmo tempo contendo todos os nutrientes necessários.

De forma geral, o Dachshund deve ser alimentado de duas a três vezes por dia, sempre recebendo muita água limpa e fresca. É melhor que a comida seja controlada pelo seu dono, afinal, como possui tendência em ficar acima do peso, o Dachshund pode ficar ansioso e comendo muito mais que o normal.

Deixe seu Comentário