Raças

Tudo sobre Chow Chow

Chow Chow

Conhecido muito como o cão da língua roxa ou azul, o Chow Chow possui origens do note da China e, muitos especulam que sua descendência é dos lobos cinzentos. Além disso, muitas pessoas acreditam que eles foram criados por imperadores chineses, em 200 a.C.. Logo, o Chow Chow é uma das raças mais primitivas existente.

Eram animais muito utilizados para guarda, tração de trenós, combates e, pasmem, para serem comidos. Esse costume é, até hoje, muito comum na China, onde a carne canina é consumida sem pudores.

Chow Chow

Uma das suas características mais marcantes, é a cor da sua língua. Além disso, o pelo abundante e felpudo colabora de forma participativa para deixar o cão com um aspecto extremamente fofo e grande. São cães de porte médio, com corpo compacto e as costas curtas.

As fêmeas chegam a altura de 45 a 50 centímetros e pesam entre 20 e 25 quilos. Já os machos, medem de 48 a 56 cm e pesam de 25 a 32 kg. A expectativa de vida do Chow Chow pode chegar a até 15 anos.

Quanto às suas cores, possuem uma apresentação muito variada, indo do Creme, Cinza e preto. O vermelho, o fulvo e o panda também fazem parte da família de cores. O Chow Chow panda não é considerado com cor padronizada, por se tratar de uma manipulação.

Os seus pelos são extremamente lisos e cheios, além de serem duros. Por conta da sua pelagem, acabam se protegendo muito bem tanto do frio, quanto do calor. As suas patas são curtas e promovem uma locomoção diferenciada do animal, sendo considerado um andar pomposo e saltitante. A sua cauda é outro ponto característico da raça, afinal, é peludo e enrolada.

Existe a variação do Chow Chow grande, que é o Chow Chow Mini. Porém, é necessário repensar a atitude de adquirir a sua versão Mini, já que a mesma não é padronizada e não está dentro das Leis estabelecidas da norma CBKC-FCI. O Chow Chow quanto tosado, fica extremamente parecido com um urso e, quando a cabeça não é devidamente tosada, acabam ficando semelhantes a um leão.

Além disso, não é somente a pelagem do crânio que lembra um Leão. O seu comportamento também se assemelha bastante, pois são dominantes e extremamente territorialistas.

Comportamento

Mesmo que seja superfofinho e convidativo, é preciso ter cuidado perto desse animal. Ao contrário do que sua aparência indica, ele é extremamente desconfiado e se defende muito bem das pessoas com as quais não se afeiçoa. Inclusive, pode apresentar casos raros de agressividade, o que é próprio da sua linhagem.

É muitíssimo inteligente, porém, caso não seja treinado de forma adequada, a sua inteligência se tornará uma total desobediência e, assim, o animal será quem ditará as ordens na casa. É muito temperamental e não aceita brincadeiras a qualquer hora, mas exige que aceitem suas brincadeiras sempre quando desejar. Logo, isso denota um caráter totalmente autoritário em relação aos outros cães.

São muito atentos a qualquer coisa e não toleram, de forma nenhuma, outros animais em casa. Podem até aparentar conviver bem com outros animais, mas é somente um pretexto para atacá-los na hora certa. Isso faz parte desse cão, já que apresenta uma personalidade dissimulada, o que faz muitos de seus donos pensarem que estão lidando com outro ser humano.

Em contra partida, é um animal extremamente dócil e carinhoso ao seu dono. Porém, o Chow Chow escolhe qual membro da família será oficialmente seu líder e, dessa forma, se apega de forma inexplicável e se torna extremamente fiel e leal. Logo, o líder escolhido por ele, deve se acostumar a ter esse cão o perseguindo por todo lado.

Por outro lado, quem não for escolhido por ele como um líder, é bom nem tentar uma aproximação, pois ele não dará um pingo de atenção.

Personalidade

Extroversão e expansão não fazem parte da sua personalidade, a não ser quando ficam estressados e hiperativos por conta da falta de atividade física. Nesses momentos, o Chow Chow pode começar a correr de forma desesperada de um lado para o outro, destruindo roupas, sapatos e, principalmente, o animal de estimação mais vulnerável de casa.

Durante a sua infância, o Chow Chow já começa a apresentar um comportamento dominante a partir da 5ª semana de vida e a partir da 9ª semana, já se encontrará com o domínio totalmente desenvolvido, podendo se separar dos demais filhotes.

Alimentação e Saúde

Para que a vida e o crescimento do Chow Chow ocorra de forma correta e saudável, é preciso fornecer água, a ração indicada e, principalmente, nas quantidades corretas. Mesmo que não sejam cães muito ativos, o Chow Chow precisa, sim, de exercícios para que se fortaleçam de uma forma mais saudável, principalmente para que os seus membros inferiores se mantenham em perfeito funcionamento.

Sair com eles pela manhã ou noite é um dos melhores e mais efetivos horários. Nesses horários, o cão não sofre com o calor excessivo por conta da pelagem e também é menor o risco de que ele dê de cara com algum outro animal que possa interpretar como invasor ou inimigo no local.

Justamente pela questão do pelo, o Chow Chow precisa muito que lhe sejam dados banhos periódicos e escovações frequentes. Além disso, é preciso que esse cachorro seja muito bem seco quando tomar banho, para evitar doenças de pele que são muito comum nessa raça.

As tosas são fundamentais para essa raça, a fim de evitar fungos, nós e auxiliar na renovação de pelos. Esses cães possuem uma predisposição para desenvolver doenças oculares. Logo, é preciso estar sempre limpando seus olhos com água boricada e produtos específicos para cães.

Aquisição do Chow Chow

Não é tão fácil quanto parece encontrar essa raça para venda ou adoção, mesmo que tenha uma boa aceitação no País, muitas famílias preferem outras raças mais modernas e populares. Porém, é perfeitamente possível encontrar canis especializados em Chow Chow, ou canis que disponibilizem essa raça. Mas é preciso, como sempre, ficar atento à procedência do local e às condições em que os animais são criados.

Chow Chow Chow Chow

Deixe seu Comentário