Raças

Tudo sobre Bullmastiff: Conheça sua personalidade, saúde e como criar

O Bullmastiff é um cão com origem do Reino Unido. Há registros de que essa raça existe desde o século XVIII e hoje existem em diversas partes do mundo. Essa raça surgiu do cruzamento entre o Mastiff Inglês e o Buldogue Inglês. Como é um cão de um porte imponente e que chama muito a atenção por onde passa, se tornou uma raça extremamente procurada e extremamente popular até os dias de hoje.

Guia da Raça Bullmastiff

Na época em que se originou, o Bullmastiff era um cão destinado a proteger imóveis. Assim, era muito utilizado para proteger os locais contra roubos de propriedades, objetos e outros animais. Sempre foi visto como um ótimo cão de proteção, afinal, sempre demonstra muita fidelidade e lealdade para com o seu dono, sua família e seu território.

Esse cão costuma ser frequentemente confundido com o boxer, justamente por causa do formato do seu rosto e focinho. É certo afirmar que os dois são as raças inglesas mais tradicionais, porém, não são tão populares quanto outras raças, como o Pastor Alemão, o Pitbull e o Rottweiller. Mesmo que seja um cão divertidíssimo, dócil, companheiro e amoroso, é uma raça que precisa ser socializada no tempo certo.

Personalidade do do Bullmastiff

Como podemos observar, esses cães podem ser dóceis, porém extremamente agressivos e incisivos para com aqueles que enxergam como estranhos. Logicamente, no convívio diário com a família e conhecidos, possui um ótimo temperamento. Porém, esse temperamento dócil do Bullmastiff só ocorre quando o mesmo é socializado desde pequeno. Logo, a forma como é criado, defini grande parte do seu temperamento quando adulto.

Esse cão precisa sentir que a família se importa com ele e que ele é um cão amado, dessa forma, se torna afetuoso e se sente parte da família. Caso seja criado de forma isolada e sendo preso a maior parte do tempo, é a tendência que ele se torne infeliz e muito agressivo. Essa é uma situação bem complicada, já que é um cão extremamente forte e pode ser que nem mesmo o dono consiga controlá-lo.

De modo geral, o Bullmastiff simplesmente ama o convívio com crianças, mas como é um cão de grande porte, é necessário ter um certo cuidado para que ele não machuque a criança. De qualquer forma, essa raça é extremamente amigável e muitíssimo inteligente. Não raramente farão coisas engraçadas e divertidas para demonstrar parte de sua personalidade brincalhona – bem diferente do Doberman.

Saúde, alimentação e cuidados

Para essa raça, dar amor e atenção é um dos requisitos essenciais para que ele tenha uma vida plena e feliz. Logicamente, questões como alimentação e outros fatores também são importantíssimos para cuidar o cão e fazer com que ele tenha uma vida longa, confortável e feliz.

Para essa raça, é indicado que ele coma duas vezes por dia, refeições ricas em nutrientes. Caso haja alguma dúvida por parte dos donos, é possível consultar o Veterinário e conferir se há alguma dieta em específico que pode ser feita. Quando filhotes, podem chegar a comer até três vezes por dia.

É importante lembrar que essa raça possui tendência para o sobrepeso e até mesmo para a obesidade. Logo, é preciso cuidar muito da dieta e manter o foco nas atividades físicas que ele mais gosta, seja correr, brincar, jogar bola, etc.

Quanto ao seu tempo de vida, essa raça vive em torno de 7 a oito anos e chegam a crescer até os 3 anos, alcançando aproximadamente 70 centímetros de altura. O Bullmastiff macho pode chegar até 60 kg, e a fêmea pode chegar a 50 kg.

Na sua saúde, infelizmente essa raça pode ter uma predisposição para desenvolver câncer, problemas nos olhos e complicações nas articulações dos cotovelos. O acompanhamento ao veterinário é muito importante e deve ser feito sempre com frequência. Tudo isso pode garantir uma saúde forte e uma qualidade de vida tranquila para o cão

Veja também:

Cores do Bullmastiff

Para quem tem interesse em adquirir o Bullmastiff, é possível encontrá-lo nas seguintes cores:

  • Preto;
  • Castanho;
  • Cinza;
  • Tons avermelhados.

A cor mais fácil de encontrar é o preto e o castanho. São as duas cores que mais chamam a atenção por onde passam e podem, facilmente, apaixonar todas as pessoas ali presentes.

Dá para criar em Apartamento?

No geral, esse cão é mais indicado de viver em casas que tenham espaço o suficiente para que ele possa correr e se exercitar. Porém, podem viver, sim, em apartamentos. Apenas é necessário redobrar a atenção com os exercícios, a dieta e o sobrepeso. É preciso levá-lo passear com frequência. Muitos donos que possuem o BullMastiff e vivem em apartamento, acabam levando o cão para passear até duas vezes por dia.

Preço de aquisição do Bullmastiff

Para ter um filhote de Bullmastiff, é necessário desembolsar aproximadamente R$ 3 mil. Logicamente, muitos lugares disponibilizam as opções de parcelamento em cartões ou boletos. De qualquer forma, a melhor opção é sempre pesquisar e tentar encontrar o lugar mais seguro e adequado para realizar a compra do cão. É sempre preferível visitar as instalações do canil e averiguar se tudo está dentro da Lei, bem como prestar atenção em como os cães são tratados.

Versão Brasileira

Para quem não sabe, existe o Bullmastiff Brasileiro. A versão abrasileirada do cão foi criada para, principalmente, cuidar de pastos e servir como cães de guarda. Muito comum no estado de Minas Gerais, esse cão tem uma ótima resistência a altas temperaturas e possui uma incrível performance para realizar todas as atividades de pastoreio. Além disso, é muito rústico, forte, obediente e incrivelmente inteligente.

Assim como Bullmastiff tradicional, o Bullmastiff brasileiro possui um ótimo relacionamento com crianças.

Encontrar o melhor canil

Para saber exatamente onde comprar um cão dessa raça que esteja completamente saudável, bem cuidado e que seja um lugar que não compactue com a violência animal, é possível buscar informações na internet ou, como a maioria das pessoas fazem, através de Veterinários e PetShops.

Dessa forma, é possível encontrar um lugar de maior confiança, ter uma negociação mais detalhada de valores, aprender mais sobre a raça até, finalmente, ter o tão sonhado e querido Bullmastiff.

Deixe seu Comentário