Raças

Tudo sobre Border Collie

Border Collie

Uma das raças de cachorro mais espertas do mundo está é a Border Collie. Não apenas por eles serem considerados um dos mais leais e inteligentes, mas por seu porte médio ainda permitirem que eles sejam sempre agitados.

Além dessa energia toda e estar sempre apto para praticar qualquer atividade, um outro ponto marcante da raça é a aparência popular. Isso o que ajuda a conquistar cada vez corações de donos que buscam companheiros para as tarefas diárias de qualquer rotina.

Sem contar que tamanha disposição faz do Border Collie um campeão mas missões de superar desafios e passar com louvor por programas de adestramento. Em contrapartida, costuma ficar entediado caso você nem dê bola para.

Enfim, a raça costuma se adaptar a qualquer tarefa, como ser um ótimo cão de guarda alerta a qualquer presença de estranhos. Apara você que ficou interessado em adquirir um filhote de Border Collie, fique ligado no artigo a seguir.

A origem da raça Border Collie

A raça tem origens na Grã-Bretanha, onde era adotado por fazendeiros para pastorear ovelhas. Isso porque ela é uma raça marcada pela independência e resistência, ideal para caminhar e agrupar animais em meio a vales, montanhas e rios.

De qualquer forma, os primeiros exemplares chegaram na América apenas no século XIX. Neste caso, seu emprego era principalmente na agricultura. Enfim, foi apenas no ano de 1975 que o Border Collie recebeu esse nome, para homenagear uma região entre Escócia e Inglaterra chamada Borders.

Características da raça de cães Border Collie

Você já deve ter visto a presença de um Border Collie em filmes e até comerciais. Isso porque ele é considerado um dos cachorros mais inteligentes do mundo. Sem contar que ele é lindo, charmoso e afetuoso.

No entanto, evite ter um exemplar da raça no seu apartamento ou em casas menores. Isso você vai poder conferir a seguir, quando analisar suas melhores (e piores) características.

A excelente condição física do Border Collie

Por ter como característica a necessidade constante de estímulo físico e mental, uma rotina de exercícios é fundamental para sua qualidade de vida. Para isso, comece as rotinas diárias com jogos e brincadeiras de agilidade, como lançar discos e bolinhas.

A questão é que você precisa impor atividades que consumam sua energia, ao passo em que o estimule a novos aprendizados. Sendo assim, indicamos até mesmo brincadeiras e atividades mais comuns, como simples técnicas de adestramento.

Aliás, para os filhotes da raça existem programas específicos para garantir um desenvolvimento mais ativo e cheio de saúde. Dessa forma até mesmo você vai criar uma nova conexão com seu Border Collie, aumentando o impacto da relação em ambos. Sem contar que essas atividades vão contribuir para que ele não crie uma personalidade agressiva.

Prevenido doenças num Border Collie

Em linhas gerais, a raça apresenta sempre exemplares bem saudáveis, fortes e com uma vida ativa que ajuda manter uma ótima qualidade de vida. De qualquer forma, para tudo ficar mais equilibrado e harmonia, é imprescindível que você invista na realização de atividades físicas diariamente.

Ainda assim, um Border Collie pode desenvolver certas anormalidades. Entre as mais comuns temos:

  • Displasia de cotovelo;
  • Osteocondrose;
  • Displasia coxofemoral;
  • Distúrbios oculares.

No caso das displasias, seu pet pode sentir dor e desconforto, fazendo com que ele manque constantemente. Aliás, embora a condição possa surgir a qualquer momento de sua vida, ela tende a surgir nos cães mais velhos.

Assim como em todos os casos, nestas horas você precisa ir a um veterinário. Até porque muitos animais costuma fazer suas atividades sem apresentar sinais de dor. Na questão ocular, nos olhos do seu Border Collie pode ocorrer um descolamento da retina e uma provável cegueira.

Assim, fique sempre atento e procure prevenir doenças que levem a estágios mais avançados. Como sintomas, procure notar secreção em excesso nos olhos, andar diferente, coceiras, vermelhidão ou demais atitudes fora do comum na sua rotina.

Para resolver estes ou quaisquer outros problemas de saúde, nossa maior e última dica para manter seu Border Collie saudável é conhecer sua origem. Ou seja, procure saber em que canil ele nasceu e todas as informações hereditárias possíveis.

Afinal, isso já é meio caminho andado para evitar problemas de saúde futuros. Até porque essa raça costuma ser muito sensível ao uso de alguns produtos e medicamentos.

O temperamental Border Collie

Ele não é nuclear, mas um cão Border Collie é quase que uma bomba mental e física esperando você dar uma ordem. Entretanto, por ser uma raça muito obediente, procure investir em vários exercícios para que ele não sinta-se desocupado.

Afinal, por ser um companheiro leal e fiel, ele vai se concentrar em faz tudo que você mandar. Sem contar que o Border Collie ainda costuma encarar qualquer outro animal ao seu redor por ser protetor e desconfiado de quase tudo.

Cuidados com o Border Collie

Se você ainda não sabe, um cão da raça da Border Collie costuma soltar muitos pelos. Embora essa queda não seja tão frequente, prepare-se para uma escovação diária no seu pet. Afinal, esse cuidado vai permitir que ele fique sempre com boa aparência e mantenha os pelos sedosos e brilhantes.

Além do mais, já deixamos claro que o forte da raça é praticar muita atividade física. Por isso, separe um momento do dia para levá-lo a caminhadas que o deixarão até mais calmo e carinhoso. Isso porque gastar energia também dá prazer ao animal prazer de sentir-se estimulado e, por que não, esgotado.

Em outras palavras, faz parte da personalidade e do prazer dele realizar atividades variadas. Para isso, reforçamos a ideia de você investir em atividades que estimulem esse lado atleta. Nesse caso, por exemplo, indicamos ajudar a pegar o jornal, buscar por objetos como bolas e até espantar pássaros no quintal.

Contudo, lembre-se de que, para ficarem satisfeitos, essas atividades precisam ser feitas em locais bem amplos e, de preferência, gramados. Enfim, sobre a alimentação do Border Collie, procure servir apenas alimentos equilibrados. Contudo, embora todo cão precise de alta qualidade, aqui a dica é investir em rações específicas para animais que precisam gastar muita energia.

Deixe seu Comentário