Raças

Tudo sobre Beagle

Beagle

O cão de caça inglês, Beagle, é amável, inteligente e muito dócil. Esses cães foram desenvolvidos no Reino Unido e a raça ficou famosa por ser um excelente cão de caça. Essa raça se tornou muito popular no mundo todo, e foram levados para os Estados Unidos onde difundiram ainda mais o costume de criação desses animais.

Em 1970 eles começaram a ser considerados cães domésticos. Acredita-se que existiam exemplares menores da raça, conhecidos por “Beagles de bolso”, os quais provavelmente estão extintos. O Beagle descende do Fox Hound, uma raça de cães caçadores ingleses.

Características do Beagle

Esses cães possuem porte médio, chegando a 41 centímetros de altura e pesando até 12 kg. São cães musculosos de porte atlético, leves e com duas ou mesmo três cores que variam entre o branco, marrom, caramelo, bege e preto. Uma característica visível são as orelhas compridas e o focinho também.

Os olhos são castanhos, e a sua aparência é muito fofa mesmo depois de adultos, talvez até pelo seu comportamento, são cães que parecem como filhotes. Eles são rápidos e ágeis, além disso o tamanho de sua mandíbula permite que ele capture animais facilmente.

O cão tem tamanho proporcional, e apesar de serem comumente confundidos com um cão farejador de orelhas compridas e cores semelhantes, o Basset Hound, o Beagle é menos corpulento e possui as pernas compridas, sendo raças bem diferentes.

Personalidade e temperamento

Esses cães podem ser bem barulhentos, arteiros e fuxiquentos. Eles possuem muita energia e são muito curiosos. Podem facilmente derrubar coisas, desarrumar, ou até mesmo destruir Alguns móveis. Apesar de pequenos eles são como crianças curiosas e mexem em tudo o que vêm pela frente. Parece que a bateria não descarrega, eles estão sempre ativos e entretidos com qualquer coisa.

Em ambientes abertos gostam de correr, cavar, pular em cima das coisas e roer brinquedos, ou o que aparecer pela frente. Eles aceitam muito bem outros cães e gatos domésticos criados junto com ele. Entretanto podem apresentar um risco a pássaros, coelhos, hamsters, entre outros.

Os cães dessa raça são ótimas companhias para crianças. Gostam muito de esportes caninos, e também gostam de água, sendo bons nadadores. Desta forma são ótimas companhias para ir à  praia e fazer corridas ou caminhadas.

Quem tem um Beagle tem sempre a casa cheia, pois ele é muito animado e se movimenta bastante. Uma das coisas boas da raça é que, apesar de carinhosos e terem afeição pelos donos, eles são muito independentes.

Adestramento e criação

Para adestrar a raça Beagle é necessário um pouco de paciência. Quanto mais cedo começar, melhor. Eles podem ser muito teimosos e não atender às solicitações de seu dono na primeira vez que escutam. Quando adultos a tendência é que eles se tornem mais calmos e tranquilos.

Esses cães normalmente são receptivos e amigáveis, aceitando bem pessoas estranhas desde que estejam junto com os donos. Entretanto o seu instinto pode fazer com que eles alertem o seu dono a qualquer sinal de perigo ou ameaça, cuidando da casa, principalmente se notar a presença de outros animais estranhos.

Para criar um cão da raça Beagle, é importante ter um espaço no qual ele possa gastar energia e brincar, que seja seguro e não ofereça nenhum risco ao animal. Não são as raças mais indicadas para habitar em apartamentos, mas caso sejam criados em ambientes fechados, a melhor opção é procurar adestrar o cão.

O cachorro desta raça é muito sociável, e necessita ter interação com outros cães, por isso eles podem se criados com outros cães ou então devem ser levados para brincar com outros cães, principalmente quando filhotes. Isso faz com que o cão extravase a sua energia e mantenha o seu emocional saudável, com disposição natural da raça.

Nutrição e cuidados com o Beagle

A alimentação para o cão é uma dos principais fatores que podem pôr em risco a saúde do animal. Nessa perspectiva é importante que o Beagle seja alimentado com rações que lhes forneçam as doses de energia necessária para manter o seu metabolismo ativo.

As rações devem oferecer proteínas, carboidratos e fibras. Podem ser enriquecidas com vitaminas e minerais importantes para a saúde dos pelos, dentes e visão do animal. Procure por rações que ofereçam também ômega 3 e betacaroteno, que são antioxidantes e previnem o desenvolvimento de tumores ou neurológicos no animal.

Para saber sobre qual a melhor dieta a oferecer ao seu pet, procure um médico veterinário que lhe dará melhores informações. Verifique quais as vacinas devem ser dadas, e como devem ser ministrados os vermífugo de acordo com a idade do cão. Dessa forma você garante que o seu animal de estimação esteja preparado para conviver com sua família e outros cães.

Ações preventivas

Além do mais, é preciso ter alguns cuidados especiais com a higiene do seu cão. Apesar de ter um pelo curto e denso, esses cães não necessitam de mais de um banho por mês. Isso por que o seu pelo possui uma proteção natural, a qual, se removida frequentemente, pode causar quedas indesejadas do pelo.

Você também deve utilizar para o banho do seu pet produtos de higiene canina que  não causem alergias, ou irritação aos olhos do animal.

Na maioria das vezes, os Beagles podem produzir remelas em excesso após o banho, isso indica que o produto utilizado pode estar agredindo aos olhos do seu pet. Limpe a região apenas com água e fique atento à qualquer sinal de inflamação.

Outro aspecto que pode ocorrer comumente em cães dessa raça, principalmente após o banho é o desenvolvimento de infecções no ouvido. Evite encharcar as orelhas do cão, e certifique-se que elas estão bem secas, pois como são compridas podem ter dificuldade de secar.

Isso pode desenvolver sarna e outras complicações que podem ser evitadas quando seguidas as instruções. Escove o pelo do seu Beagle uma ou duas vezes por semana. Quando for passear certifique-se que o solo está em uma temperatura agradável para não machucar as patinhas do seu pet. Mantenha-o livre de pulgas e carrapatos pois são transmissores de doenças.

Deixe seu Comentário