Raças

Tudo sobre American Bully

American Bully

Para os amantes de cães fortes e dóceis o American Bully é um dos cães mais belos do mundo. Essa raça foi reconhecida há poucos anos, em 2013, descendendo de cães do tipo molosso.

Os cães molosso são aqueles que possuem muita força devido ao seu porte grande e robusto. O grupo envolve mais de 50 raças de cães das quais podem ter dado origem ao American Bully, sendo um aspecto comum entre esses cães  a presença de fortes mandíbulas.

O American Bully não é diferente. Possui músculos bem definidos e fortes, com grande força e resistência física e estrutura compacta. A mandíbula assim como a cabeça devem ser proporcionais ao corpo, grandes e largas. São cães de pelagem curta, e muito fortes para o seu tamanho.

Origem e anatomia

Muitas histórias a respeito do surgimento da raça põe em dúvida sobre quais foram as misturas que deram origem. A única raça da qual se tem certeza sobre a sua participação é a do Pitbull. Aliás, as suas características físicas lembram muito a raça do Pitbull.

O focinho do American Bully é até mesmo um pouco mais curto que o do seu ancestral, e a boca mais larga, profunda e quadrada. Os dentes desse animal são igualmente espaçados e afiados, fechando a mordida perfeitamente.

Os olhos desse animal podem ser até mesmo pequenos em relação ao tamanho de sua mandíbula, arredondados e podem ser de diversas cores sendo a menos comum o azul. Os olhos são bem separados no crânio permitindo ao cão uma visão precisa e também periférica muito aguçada.

O pescoço desse animal se torna um pouco curto em relação às suas costas e peitos largos, protuberantes e imponentes. É comum o cão ter a testa franzida e as orelhas em pé, sendo um pouco menores que as do Pitbull. Devido a essas características também lembram outro cão forte conhecido que pode ter sido incorporada na criação da nova raça: o Bulldog. Desta forma podem haver variações da raça, principalmente relacionadas ao tamanho do animal, os menores conhecidos como miniatura.

Características da raça American Bully

Apesar de ser um cão muito forte ele é dócil e manso. São cães de companhia, carinhosos e muito simpáticos. O seu porte atlético exige que o pet tenha que fazer muito exercício físico, e do mesmo modo eles têm muita energia para gastar. São cães alegres e atentos, a todo momento aguardam um estímulo para brincar e correr. Quando treinados podem ser excelentes cães de guarda.

Podem assumir diferentes estaturas. A variedade menor da raça pode atingir até 35 centímetros quando adultos e as maiores podem chegar a 58 centímetros. Isso é devido a mistura das raças para a sua criação, sendo difícil uma linhagem pura.

Desvios do padrão da raça

Este animal para ser considerado de raça pura não deve desviar muito dos padrões estabelecidos para a raça. Porém podem apresentar algumas características indesejadas como nanismo, albinismo, pelos longos, caudas torcidas, e ainda defeitos na sua formação que prejudicam a audição e o olfato do animal, devido ao formato exagerado de suas cabeças.

Outro motivo para desconsiderar o cão como  de raça pura American Bully é a agressividade. Devido ao fato de que estes cães foram criados para serem dóceis, amigáveis e muito calmos, qualquer um dos descendentes de índole agressiva não são considerados como reprodutores para manter a linhagem.

Problemas comuns da raça

Apesar de grande musculatura, a estrutura óssea do animal parece ser insuficiente para que este sustente o seu peso. Podem ter falta de força na mandíbula ou mordida que não encaixa. Outrossim, algumas variações de tamanho, como o nanismo podem trazer algumas complicações para o cão, o qual pode ter sobrepeso e desenvolver problemas cardiovasculares quando sedentários.

Alimentação para o American Bully

O cão necessita de grande fonte de vitaminas e proteínas, aliadas a exercícios físicos. Isso é importante para manter o bom funcionamento do organismo e do metabolismo do animal.

Ele deve se alimentar 4 vezes ao dia, de formas bem distribuídas. De preferência, esse cão deve ser alimentado com ração que lhe ofereça todos os nutrientes necessários, de acordo com a fase de crescimento e também a fase adulta. Eles possuem as mesmas necessidades que um cão da raça Pitbull.

Temperamento

O American Bully é um cão muito dócil e pacífico. São inteligentes e possuem grande agilidade, força, e habilidade para  atuar como guarda. Esses cães são muito companheiros de seus donos, brincalhões e gostam muito de estar ao ar livre. Podem ser um pouco espaçosos e fazer bagunça dentro de casa, devido ao seu tamanho e por serem um pouco desengonçados quando jovens.

Contudo, são cães com um ouvido perfeito, atendendo às ordens de seus donos rapidamente. Os cães dessa raça têm uma interação muito boa com humanos, facilidade no aprendizado e na disciplina, sendo facilmente adestrados.

Cuidados especiais com o American Bully

É sempre importante cuidar bem de todos os aspectos a fim de que seu cão se desenvolva com saúde. Além de fornecer uma alimentação balanceada, é muito importante que alguns hábitos de higiene sejam feitos diariamente.

Para manter o seu cão livre de doenças, o ambiente no qual ele dorme ou passa a maior parte do dia sejam limpos frequentemente. Além disso, você pode limpar os olhos do seu pet sempre que possível com uma gaze úmida, sem produtos, apenas água.

Outra coisa que é importante ser observada no animal é a saúde bucal, para manter os dentes limpos forneça ossinhos e petiscos que são feitos especialmente para manter a saúde da boca dos cães.

Outrossim, respeitar os horários de urinar e defecar, horários da alimentação são atitudes essenciais para manter o seu pet saudável e com uma boa imunidade à doenças e infecções. Ao dar banho, verifique se as orelhas ficaram bem secas, e sempre que possível mantenha seu cachorro longe de parasitas.

Para isso, ministre as vacinas, vermífugos e remédios contra pulgas e carrapatos conforme recomendado pelo seu médico veterinário. Os cuidados com o  American Bully são comuns aos de outros cães sendo fácil criá-los em um ambiente seguro e familiar.

Deixe seu Comentário